Nossa História

Tamanho da letra:

Laboratório Carlos Chagas 1960 - 1981

Na década de 60, eram imensas as dificuldades de estruturar em Mato Grosso um Laboratório de Análises Clínicas, pois era extremamente problemática a comunicação com os grandes centros do país. Tudo isso não representou barreira para que os jovens e obstinados doutores tivessem o mérito de implantar em Cuiabá, o Laboratório Carlos Chagas, nome adotado em reconhecimento ao trabalho desse ilustre cientista.

Uma história que começou em 1967 na Universidade Federal de Goiás, com a formatura de Jerolino Lopes Aquino, um jovem "cuiabano" nascido em Poxoréo, cujo sonho era ajudar a transferir para sua terra todos os recursos científicos e tecnológicos disponíveis para proteção da saúde do ser humano.

Ao retornar para Cuiabá, em Maio de 1968, Jerolino Lopes Aquino, agora formado em Bioquímica (hoje Diretor Executivo e sócio), juntamente com Josias Pina, também Bioquímico formado pela Universidade Nacional do Rio de Janeiro, fundou o Laboratório Carlos Chagas, situado na Rua Comandante Costa, 515, em homenagem ao cientista cujo trabalho de pesquisa e desenvolvimento científico sempre o deixou fascinado e servia de exemplo para sua trajetória.

Situado primeiramente em uma pequena casa, localizada no centro da cidade, o Laboratório Carlos Chagas em pouco tempo ganhou a simpatia e a confiança de seus clientes e clínicos que solicitavam seus serviços.

Em 1973, recebendo o convite do saudoso Dr. José Monteiro de Figueiredo para instalar-se na Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, o Laboratório Carlos Chagas começa aí a sua trajetória de crescimento técnico-científico, adquirindo o que tinha de melhor no mercado da época, e incorporando à sua equipe valorosos profissionais, como o Dr. José Joel Vieira (hoje Diretor Científico e sócio), Dr. Antônio Rogério Pantaroto, e Dr. Roni Zanenga (atual Geneticista).

Muitos investimentos foram feitos em recursos humanos e tecnologia, até que o Laboratório Carlos Chagas começasse a receber o reconhecimento oficial de renomadas instituições nacionais que controlam a qualidade dos serviços, como também a exatidão dos resultados fornecidos. Já em Março de 1981, o Laboratório recebia o Certificado Anual de Excelência para Laboratórios Médicos (PELM), emitido pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica. Em Fevereiro de 1994, a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), através do Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ), oferecia ao Laboratório Carlos Chagas o seu Certificado Anual de Excelência.

Na busca constante pela qualidade o Laboratório Carlos Chagas se inscreveu em programas voluntários de acreditação de duas sociedades científicas: Departamento de Inspeção e Credenciamento da Qualidade (DICQ) e Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) de acordo com o que preconizam as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

 

Laboratório Carlos Chagas 2002 - 2012


No ano de 2002 o Laboratório Carlos Chagas, passou pela primeira auditoria do DICQ e em seguida do PALC, obtendo excelente resultado, recebendo assim neste ano o primeirocertificado de acreditação, pelo DICQ (sendo o primeiro laboratório acreditado do centro-oeste) e pelo PALC (primeiro laboratório acreditado de Mato Grosso), e desde então oLaboratório Carlos Chagas passa por auditorias periódicas DICQ (auditoria anual) e PALC(auditoria bienal), onde vem obtendo muito sucesso o que garante a manutenção dessas certificações. A certificação é uma exigência do mercado na área de saúde, e esse é o diferencial do Laboratório Carlos Chagas por estar sempre comprometido com o desenvolvimento de novas técnicas e pesquisas, buscando cumprir as exigências do mercado e de seus clientes.

Além das auditorias oficiais do DICQ e do PALC, o Laboratório Carlos Chagas é auditado periodicamente pelo sistema da qualidade, que possui uma equipe de auditores internos responsáveis pela garantia da qualidade nos nossos serviços. Nessa auditoria são feitas as análises de todos os procedimentos operacionais padrão, onde o objetivo principal é detectar se tudo está sendo feito em conformidade com a gestão da qualidade, e para manter a uniformidade nos processos são ministrados treinamentos de reciclagem e educação continuada periodicamente.

No entender dos diretores do Laboratório, o mercado está estreitando muito, e a tendência é a fusão dos serviços de pequeno porte. Acreditam em um processo de unificação de marcas, parcerias, trabalho em conjunto e mesmo de conscientização à categoria.

O Laboratório Carlos Chagas é um dos sócios fundadores do LCA – Laboratórios Clínicos Associados, na grande São Paulo, com outros cinco grandes nomes em todo o Brasil.
O trabalho em associação proposto pelo LCA trás inúmeros benefícios tanto para cada um de seus membros como para entidade em si, no que se refere a agilidade na realização das análises, confiabilidade, credibilidade e uma política de sustentabilidade que comprova seu compromisso com à sociedade. Para reduzir os custos, o LCA amplia a base de captação de exames de baixa demanda, mas que exigem um alto grau de sofisticação para realizá-los.

Com apenas 100 dias de funcionamento, o LCA teve sua Acreditação aprovada pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC), da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica. Em pouco mais de 11 meses obteve também a Acreditação do CAP (College of American Pathologist), programa de acreditação do colégio americano de patologistas. A credibilidade dos membros da associação foi reconhecida pelos parceiros nacionais e estrangeiros.

Com todas as qualificações técnicas o Laboratório Carlos Chagas segue sua tradição de fidelidade à clientela, investindo em equipamentos de última geração, novas tecnologias e qualificação profissional do maior ativo da empresa: "As pessoas".